PL 012/19 que propõe proibição do uso de canudos plásticos é aprovado em Porto Seguro

 votação canudos

O Projeto de Lei Nº 012/19, que proíbe a comercialização e a utilização de canudos de plástico, exceto os biodegradáveis, em restaurantes, bares, quiosques, ambulantes, hotéis e similares no âmbito do município de Porto Seguro foi aprovado durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 31, na CMPS.

A iniciativa já é realidade em cidades como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Balneário Camboriú (SC), Macaé (RJ), dentre outras do Brasil e do mundo; e tem o objetivo de reduzir o impacto do lixo plástico descartado de forma irregular no meio ambiente. Os dados são alarmantes: o canudo plástico representa 4% de todo o lixo plástico do mundo e é, constantemente, responsável mortes de espécies marinhas, devido ao grande tempo que fica na natureza até se decompor ( até 200 anos).

O vereador Evaí Fonseca, um dos autores do projeto em parceria com os vereadores Bibi e Vanvan, destaca que o uso dos canudos plásticos precisa ser freado para garantir a preservação do meio ambiente, bem como das espécies marinhas.

“É comum ver em nossa orla uma quantidade assustadora de canudos plásticos jogados nas praias e como estes locais além de receber banhistas, concentram pontos de desova de tartarugas marinhas e merecem ser preservados. Nosso projeto tem essa visão e conta com apoio de diversas entidades ambientalistas, dentre elas o grupo ‘Plogging Porto Seguro’, que realiza atividades físicas nas praias ao tempo em que coletam lixo ao longo da orla”,explicou o vereador.

A medida segue agora para o Executivo e quando sancionada irá destacar Porto Seguro em mais uma bandeira: a da sustentabilidade.

Ascom – Vereador Evaí Fonseca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *